quarta-feira, maio 29, 2013

Esquadrão Suicida 01 a 19; Aquaman 19; Constantine 01 e 02





Eles são uma equipe de super-vilões no corredor da morte e foram recrutados pelo governo para assumir as mais perigosas missões. Arlequina, Pistoleiro, Tubarão-Rei. Derrotados e presos eles estão sendo interrogados sobre sua missão - e sobre quem está puxando os cordões por trás dessa operação ilegal. Quem será o primeiro a quebrar o silêncio e não resistir à pressão?
Escrito por Adam Glass e ilustrado por Marco Rudy.






Uma das melhores séries dos novos 52.




John Constantine está de volta ao universo regular da DC Comics, depois de 19 anos no selo Vertigo. A editora oficializou o fim de Hellblazer na edição #300, a HQ onde o personagem - criado por Alan Moore em Monstro do Pântano - tinha suas principais histórias.
Dentro dos Novos 52, o detetive do ocultismo terá sua série própria escrita por Jeff Lemire e desenhada pelo brasileiro Renato Guedes.
Mentiroso, enganador, manipulador... John Constantine é tudo isso, e ainda assim ele usa estas habilidades e muito mais para proteger o mundo nos cantos mais escuros do Universo DC.



domingo, maio 26, 2013

A Era de ULtron 01 a 08; Vingadores: Busca por Ultron





Hank Pym o criou pra ser um aliado da humanidade. Mas sua programação superou isso e ele vê a humanidade como uma ameaça a si mesma e a ele. ULTRON está de volta e mais forte do que nunca pra dessa vez não sobrar ninguém!! minissérie em 12 edições, com alguns tie-ins! 
Se quiser entender melhor a saga, vale a pena conferir o post do Actions e Comics nesse link.



Não sei se essa edição tem a ver com a saga acima, não tive tempo de ler mas é uma história bem curta, 10 páginas.

quarta-feira, maio 22, 2013

Morning Glories 01 a 24; Absolution 00 a 06 completa



"Eles são complicados, rebeldes e extraordinariamente brilhantes! Graças ao talento nato, Casey, Ike, Jun, Hunter, Zoe e Jade foram admitidos para ingressarem em uma das instituições preparatórias mais consagradas dos Estados Unidos. Mas, ao atravessar os portões do instituto, eles descobrem que algo muito sinistro e maligno está à espreita nos corredores e salas de aula. Presos e desesperados por respostas, os jovens terão que enfrentar os mistérios de um lugar onde nada é o que parece.
Apoiado pelos desenhos de Joe Eisma e capas maravilhosas deRodin Esquejo, a estrela em ascensão dos quadrinhos norte-americanos Nick Spencer (Iron Man 2.0, Vingadores Secretos) assina essa saga de atmosfera orwelliana que mistura ficção e drama adolescente e o manterá grudado às páginas!”

Esta série ainda está em publicação e a Panini está lançando encadernados com as primeiras edições. Uma coisa é certa, você ficará ansioso pra ver o próximo número edição após edição. Uma série bem no estilo Lost. Quando a encontrei achei que já havia chegado ao fim e em 3 dias devorei todas as 24 edições (lendo até de madrugada) só pra saber que continua...






Se você soubesse dos crimes mais hediondos cometidos e tivesse poder para fazer com que as pessoas que os cometeram pagarem pelo que fizeram (com a vida se preciso), o quê você faria? Se ousasse cruzar a linha e fazer justiça com as próprias mãos, você seria recriminado ou apoiado pela opinião pública? É isso que essa maravilhosa minissérie questiona, com um super-herói possuidor do poder mais foda que eu já vi ( minha opinião claro).

domingo, maio 12, 2013

Ouça Titãs, porque a internet tirou a rebeldia dos jovens





Uma das melhores coisas que fiz nos últimos meses foi comprar um celular Nokia Lumia 710, mas isso é assunto pra outro post. O que tem a ver com o tema deste post é que com este celular através de um aplicativo eu baixei do youtube discos completos das minhas bandas favoritas como Engenheiros, Legião Urbana, RPM (Rádio Pirata ao vivo) e Titãs. Assim pude reviver minha juventude quando passava escutando nas rádios essas bandas ou em fitas K7. Foi um prazer quase sexual poder escutar novamente todos aqueles sucessos que eu curtia muito e ainda curto. Nisso, o que mais me marcou foi agora mais amadurecido poder conferir a variedade musical dos Titãs. Eles vão desde rock rebelde como visto nos vídeos acima, passando pelo pop como no disco O Blesq Blom e pela poesia que também pode ser conferida em algumas letras desse mesmo disco (Palavras, Flores). Ouvindo os discos dos Titãs se tem a impressão que de qualquer coisa ou assunto pode ser feito música e na maioria das vezes isso funciona, às vezes não, como no caso da Verdadeira Mary Poppins.
O engraçado é que com raras exceções eu não gosto da fase acústica do grupo. É verdade que eles conseguiram resgatar músicas que tinham potencial mas que não tiveram melhor tratamento nos seus discos de origem. É só ouvir a música Pra dizer adeus de antes e a Pra dizer adeus do acustico que se comprova isso, a última versão ficou muito, mas muito melhor. Mas parece que o som acústico deixou tudo muito uniforme, se perdeu aquela variedade que a banda tinha que eu citei no inicio do texto. E principalmente, perdeu-se a rebeldia do grupo. Sei que é natural, afinal eles devem estar na casa dos 40 beirando os 50 anos. Mas eu prefiro escutar as versões originais e graças ao meu celular estou podendo ter esse prazer novamente.

********************

"O capitalismo é frustrante, pois ao mesmo tempo que nos bombardeia com propagandas que nos fazem sonhar com o melhor carro, a melhor roupa, o melhor do materialismo e do consumismo, ele precisa que a grande maioria trabalhe ganhando pouco para que uma minoria desfrute do bom e do melhor que ele proporciona."

********************

Pra não deixar esse post sem uma hq, aí vai A rica indecente, hq de Brian Azzarello e Victor Santos, disponibilizada pelo blog Quadrinhos Inglórios. Uma Graphic Novel da Vertigo no estlio pulp fiction.

(Clique na capa para baixar)



sábado, maio 04, 2013

Especial Batman: Sob o azul profundo, descendo ao fundo ou subindo ao céu





(link no símbolo acima)

O Batman é o meu personagem favorito das histórias em quadrinhos. Embora atualmente não esteja acompanhando suas histórias, sempre dei atenção especial a ele e li muita coisa do que foi feito a seu respeito. O legal desse personagem é que foi feita muita coisa boa dele. Não por acaso o link acima tem muito mais edições do que tem no post dos especiais do Super-Homem. Não vou enumerar aqui as melhores histórias que a maioria já conhece, mas na pasta acima tem muito do foi feito de melhor e não foi tão divulgado. Desde as variações de ElseWorld até histórias que fizeram parte da maravilhosa revista Lendas do Cavaleiro das Trevas, que contava o início de carreira do Batman, e que no Brasil foi muito utilizada como edições especiais. Agradecimentos ao Onomatopéia Digital aonde eu peguei 99% dessas revistas. É muita coisa, e muitas histórias excelentes.