sábado, dezembro 31, 2011

Feliz Ano Novo!; Nova saga Marvel pra 2012: X-Men x Vingadores; Marvel Ponto Um



Ache essas e outras imagens no site Mensagens & Imagens






Novidades 2012: Vingadores x X-Men


Anunciada no início da semanaVingadores vs. X-Menserá a grande saga da Marvel Comics  para 2012. A minissérie em 12 edições quinzenais começa em abril lá fora. O motivo para a briga é cósmico: a Força Fênix está voltando à Terra, o que põe os dois grupos em rota de colisão.
coletiva com os editores e roteiristas da saga reuniu cinco escritores: Brian BendisJason Aaron, Matt FractionEd Brubaker e Jonathan Hickman. Os destaques:
- Haverá uma edição prévia, Avengers vs. X-Men #0, escrita por Bendis e desenhada por Frank Cho, que "coloca as peças no tabuleiro".
- Segundo os editores Axel Alonso  (chefe), Tom Brevoort (Vingadores) e Nick Lowe (X-Men), o evento é consequência direta de uma linha que começa em Dinastia M e Complexo de Messiase vai até as últimas grandes histórias das franquias: Fear Itself e X-Men: Schism.
- Os X-Men que também são Vingadores, como Wolverine e Tempestade, vão ter que escolher seus lados (embora já pareçam ter decidido na imagem de divulgação).
- A série será dividida em três atos, cada um por um desenhista diferente: John Romita Jr. no primeiro, Olivier Coipel no segundo e Adam Kubert no terceiro. Os escritores projetaram juntos a história mas dividiram entre si quem escreve cada capítulo. Bendis está com o primeiro.
- O evento vai ter repercussões por toda a linha de séries Vingadores e toda a linha X-Men. Com uma exceção: a nova Avengers Assemble, desconectada do resto do Universo Marvel para receber novos fãs dos Vingadores pós-filme. Fonte: Garota dos Quadrinhos, citando Omelete


quinta-feira, dezembro 29, 2011

Black Kiss; Incógnito 01 a 06 completa







Sinopse: O "herói" desta história é Cass Pollack, um sujeito boa-pinta, mas muito azarado… Músico de jazz, recémsaído de uma clínica de recuperação para drogados e metido com o submundo do crime, ele dá carona para uma loira estonteante e acaba se envolvendo numa trama macabra cheia de pornografia, cultos satânicos, prostituição, drogas, sociedades secretas, corrupção, violência, muito sexo, morte… e vida eterna!

No meio disso tudo ainda há um segredo ou dois guardados a sete chaves… Mas isso você só descobrirá lendo as páginas picantes desta edição… Isso parece pouco para você?! Acontece que quem escreve e desenha este mistério noir é Howard Chaykin, um dos quadrinistas mais cultuados de todos os tempos! Uma das histórias em quadrinhos mais polêmicas dos anos 1980, Black Kiss é considerada uma obra-prima do erotismo.




Conheça a história mais insana e cruel sobre super-vilões que você já leu! E se você fosse um ex-super vilão se escondendo no Programa de Proteção a Testemunhas... e tudo que pode fazer é pensar sobre os dias em que as regras não se aplicavam a você? Você toleraria um cotidiano normal depois de anos deixando nada além de caso e destruição em seu caminho? E se você não conseguisse agüentar? O que você faria então? Incógnito, uma mistura insana de noir e super-heróis.

segunda-feira, dezembro 26, 2011

Monstro do Pantano 01 a 04; Homem Animal 01 a 04 (DC Reboot); Sítio do Pica-pau Amarelo








Começando a postar DC Reboot com essas duas revistas que pra mim estão entre as melhores dessa nova safra. Com uma narrativa bem construída, é o tipo de hq em que ficamos ansiosos pelo próximo número pra saber o que vai acontecer.
E as duas estão interligadas como podemos notar nas edições 04.


**********************

Sítio do Pica-Pau Amarelo Ganha Versão Animada em 2012


A versão animada de "Sítio do Picapau Amarelo", baseada na obra de Monteiro Lobato, já estréia em 2012 .
 A  trilha sonora feita por Gilberto Gil, ganhou nova versão
A estreia está prevista para 7 de janeiro, com exibição nas manhãs de sábados, na TV Globo.

Nova versão de desenho animado do "Sítio do Picapau Amarelo"

Os 26 episódios da primeira temporada (cada um com 11 minutos de duração) são todos baseados no livro "Reinações de Narizinho".Os traços dos desenhos, que mostram Pedrinho, Narizinho, Emília, Visconde e outros integrantes da turma em estilo animê, foram criados por Bruno Okada.

Produzida pela Globo, em parceria com a Mixer, a série teve um investimento de quatro milhões de reais e foi comprada pelo Cartoon Network para exibição em toda a América Latina, segundo informou  O Estado de S.Paulo. Através do blog Chamando Superamigos!

sábado, dezembro 24, 2011

Feliz Natal! , e Mulher Maravilha também! (DC Reboot 01 a 03 e fotos)











Quero ver
você não chorar
não olhar pra trás
nem se arrepender do que faz...

Quero ver
o amor vencer
mas se a dor nascer
você resistir e sorrir...

Se você
pode ser assim
tão enorme assim
eu vou crer...

Que o Natal existe
que ninguém é triste
que no mundo há sempre amor...

Bom Natal um Feliz Natal
muito Amor e Paz pra Você...
pra VOCÊ.

Versão Original
Autor: Edson Borges, o ''Passarinho''



Um feliz natal a todos, muita saúde, paz e alegria. Que o verdadeiro espírito natalino contagie a todos, bondade, caridade e amor.


****************************



Mulher Maravilha 01 a 03 (DC Reboot)

Os Deuses andam entre nós. Para eles, nossas vidas são brinquedos. Apenas uma mulher se atreve a proteger a humanidade da ira de tais forças estranhas e poderosas. Mas ela é um de nós - ou um deles? Não perca as novas aventuras da Amazona, que nesta versão está mais guerreira do que nunca, escrita pelo brilhante BRIAN AZZARELLO e arte de CLIFF CHIANG.



****************************

"Jeff Chapman faz fotos hiperalistas de um modo fantástico . E seu talento para com personagens femininas é gritante. Veja sua interpretação da Mulher Maravilha e personagens ligados a amazona. O que nos faz pensar e lembrar no eterno filme com Diana que nunca viu a luz do dia ."
Palavras do Titio Ultimate, do Actions & Comics





quinta-feira, dezembro 22, 2011

Rock Gaúcho












Este post marca uma geração que cresceu ouvindo esses grupos, escutando nas rádios lá na década de 80. TNT, Replicantes, Garotos da Rua, Engenheiros, e outros tantos menos conhecidos mas que tinham muita qualidade, garra e rebeldia. Eram anos rebeldes, e ao mesmo tempo muito profusos pra cultura, tanto que são cultuados até hoje. Não por acaso numa festa que fui ontem, quando o locutor anunciou que os anos 80 estavam de volta e começou a tocar uma extensa seleção de músicas da década, todos foram pra pista e de lá só começaram a sair quando trocaram as músicas por pagode.
Também não por acaso, a maioria que dançava naquele momento tinha mais de 30.
Mas voltando ao rock gaúcho daquela época, fazia tempo que pensava em procurar esses discos aí acima, e procurando na internet encontrei todos eles. Foi uma grata satisfação, um retorno à minha adolescencia. Pra saudosistas como eu de plantão, ou pra quem gosta de bom e velho rock'n roll.




terça-feira, dezembro 20, 2011

Justiceiro Max 18 e 19








Continuando a saga do Justiceiro neste universo cruel e violento, eis que temos uma Elektra com sua lamina cortando dos dois lados. É só ler a história pra entender, se é que já não entenderam...

sábado, dezembro 17, 2011

Slash - O Guerreiro do Apocalipse



"Em março de 1989, a editor Abril levava ás bancas uma mini-série diferente, SLASH MARAUD , em 03 partes (eles juntaram 02 números originais em cada edição Brazuca). Das mãos de Doug Moench e Paul Gulacy-mais conhecidos aqui pelo trabalho no Mestre do Kung-Fu ( Shang Chi ) da Marvel , esta ótima aventura passou em brancas nuvens e hoje praticamente ninguém mais fala dela.
A editora Abril, tentando dar quem sabe, um ar mais adulto á mini, a publicou em preto e branco, em papel de ótima qualidade, mas perdendo todo o impacto que o trabalho do Gulacy encontra com o colorido ! Foi uma pena.





Não quero falar muito da história em si, pois acredito que vale a pena muito conhecê-la. Mas posso dizer que Moench estava em pleno delírio criativo quando produziu estes 06 números. Ele junta em uma mesma história referencias a filmes pops dos anos 70 e 80 e seus personagens , mérito de Gulacy, são ao referências a grande atores : Slash é as vezes Steve Mcquen, Clint Estwood. Wild Blue é Farrah Fawcett . São os atores, digo ,personagens principais da série.
Da salada que é Guerra dos Mundos, planeta dos macacos, massacre da serra elétrica, Sexta feira treze (Jason ), Moench produz uma grande história em quadrinhos. A terra foi invadida por alienígenas que dominam a população mundial, submetendo os a seus caprichos infames!
Slash é um lobo solitário que irá unir-se a resistência para tentar uma ultima cartada desperada para livrar a terra da praga alienigina. Do lado deles, um aliado insuspeito!
E no meio disto tudo, mutantes, canibais, amazonas modernas armadas até os dentes, Cientista mais que maluco.Todos envolvido em uma grande resistencia contra os aliens ! 





Enfim, uma grande aventura para todos os tipos, para os que gostaram de V a batalha Final,para os que adoram Asterix , para os fãs de war movies, mas especialmente para quem gosta de uma boa e velha história em quadrinhos com H maisculo... Slash era o cara !"



O texto acima eu encontrei no Zona Franca Comics, Loja especializada em Quadrinhos e com muita mas muita coisa boa e antiga pra vender. Concordo com eles, infelizmente se perdeu muito da arte quando se publicou em preto e branco. Uma pena...


sexta-feira, novembro 18, 2011

Universo DC - Legado 01 a 10




Minissérie completa de 10 edições que conta a história de todo o Universo DC seguindo toda a evolução de seus mitológicos personagens. Com texto do lendário Len Wein e arte dos grandes Joe e Andy Kubert, além de Scott Kolins, veremos os primeiros heróis surgindo durante a Segunda Guerra Mundial até os dias atuais, pela visão de duas pessoas normais de Metrópolis; Paul Lincoln e Jimmy Mahoney, dois amigos que cresceram juntos no Beco do Suicídio em Metrópolis e que seguiram caminhos diferentes. “Eles começam a primeira edição como gangsteres pequenos que estão coletando dinheiro para um personagem antigo chamado Mike Moran, que já apareceu em histórias antigas do Vingador Escarlate. Explicou Wein em entrevista concedida ao Comic Book Resources em 2010. “Ao fim da primeira edição Paul decide que a vida de crimes não é o que ele quer e Jimmy decide ficar nela porque é uma maneira fácil de ganhar a vida”, continuou.
Cada edição de Universo DC: Legado mostra os dois amigos nos tempos atuais relembrando de algum fato passado, o qual será a história principal da edição contada em forma de flashback e do ponto de vista do cidadão comum. A introdução – ou seja, Paul e Jimmy já idosos e no presente – é desenhada por Scott Kolins em todas as 10 edições, ao contrário da história principal que sempre traz um artista diferente, dentre os quais Joe e Andy Kubert, Dave Gibbons, J.G. Jones, Dan Jurgens, José Garcia-Lopez, Rags Morales, Jerry Ordway, George Perez, Walt Simonson e J.H. Williams.
Além da história principal cada edição da minissérie traz um snapshot, uma história curta, que mostrará rapidamente e de maneira um pouco mais aprofundada algum fato que tenha sido mencionado na introdução da edição, com um personagem ou grupo da época mostrada.
Atualmente a minissérie está sendo publicada no Brasil pela Editora Panini na revista Universo DC.

sábado, novembro 12, 2011

Asilo Arkham: Inferno Vivo 01 a 06 completa



Na trama, o magnata Warren White, apelidado de “Grande Tubarão Branco”, vai a julgamento por diversos crimes contra a economia popular. Para fugir de uma pena mais pesada na cadeia, Warren decide alegar insanidade temporária. Agora, Warren tem de enfrentar um destino muito mais terrível do que a prisão, pois sua pena será cumprida no Asilo Arkham, onde terá a companhia de tipos como o Coringa, Duas-Caras, Hera Venenosa, Crocodilo e diversos outros criminosos psicóticos ilustres em Gotham City.

Um diferente enfoque sobre a famosa instituição de Gotham, Asilo Arkham: Inferno Vivo, recebeu elogios da crítica norte-americana, explorando a insanidade e a depravação de grandes inimigos de Batman enquanto estão confinados. “Vale o seu tempo internar-se neste Arkham” foi o comentário da revista Cinescape na época da publicação nos Estados Unidos.

A revista foi um dos primeiros trabalhos de destaque do escritor Dan Slott, que depois migrou para a Marvel, onde escreveu Mulher-Hulk, Coisa e Vingadores Centrais.
 
A edição número 1 foi feita pelo grupo Darkside Club, e as demais pelo grupo Renegados, que preferiu traduzir o título como "Asilo Arkham: Inferno na Terra, mas "inferno vivo" é mais fiél e literal ao original.

domingo, novembro 06, 2011

Homens Mistério




O período da trama é a década de 1930 e os Estados Unidos estão bem no meio da Grande Depressão, que abalou intensamente sua economia. Na cidade de Nova Iorque, uma atriz da Broadway chamada Alice Starr foi assassinada. Pode um novo grupo de heróis, incluindo o Operativo e o Espectro, resolver o mistério de seu assassinato, que foi orquestrado pelas mãos da figura sinistra conhecida apenas como o General? Qual a relação do General com os personagens? Até onde vão seus planos? Quem são os Homens Mistério? Descubra acompanhando mais essa minissérie promissora. Roteiros de David Liss e arte de Patrick Zircher. 

Só tenho uma palavra pra essa mini-série: Excelente! 
(by Nitro, retornando aos poucos...(férias, férias, férias!!!...))


quarta-feira, setembro 07, 2011

Flashpoint




Gostei do título principal, de Batman o Cavaleiro da Vingança, e das minis da Mulher Maravilha e do Aquaman que são essenciais pra entender toda a saga. Nem baixei Frankstein e as Criaturas do Desconhecido (acho que é esse o título dos monstros).
Se alguém ainda não sabe, Flashpoint é uma megasaga da DC em que a princípio o inimigo do Flash, o Flash Reverso reescreveu a história a fim de prejudicar seu arqui-inimigo. Mas no fim ficamos sabendo que não foi bem assim.
Flashpoint também é o ponto de partida da DC para reinventar seus personagens, coisa que a editora já vinha fazendo de tempos em tempos. Crise nas Infinitas Terras, Zero Hora, e agora Flashpoint.
É uma saída para atualizar os personagens para os dias atuais.
Mas como eu coloquei abaixo, tem outra forma de fazer isso.

Abaixo meu comentário no fórum do DarkSide Club, autor de quase todas essas revistas que posto no link acima:

"Muito bom o trabalho de vocês, me espanta a rapidez com que disponibilizam os scans assim que sai lá nos EUA.

Só espero que essa crise (flashpoint) seja definitiva, e que não acabem com ela como fizeram com Crise nas Infinitas Terras que veio abaixo com a crise infinita, dando inicio à novas crises na DC.
E chega dessa história de universos paralelos, isso sempre acaba virando bagunça. Crise nas Infinitas Terras surgiu justamente pra acabar com isso, mas os caras não se aguentam, na falta do que inventar acabam criando de novo os tais universos paralelos...

Nada disso seria necessário se as editoras adotassem o que eu venho falando a muito tempo. Porquê o Batman tem que ser sempre o Bruce Waine, o Capitão América o Steve Rogers? Eles não podem terem filhos netos como qualquer outro mortal e envelhecer como idem?
Pensem nas possibilidades de novas histórias! Não precisariam ficar reinventando tudo a cada 2 décadas! O Batman já poderia ser o neto do Bruce Waine, Os vilões também se renovariam... tudo se reciclaria simplesmente com o passar dos anos!

Mas não, eu tenho que ficar com cara de bundão vendo o Batman Bruce Waine ser reinventado pela terceira vez (Antes de Crise, Pós Crise, e esse agora) e a sensação que se tem é que todas aquelas histórias que eu já li não valem mais nada...

Como eu já li em algum lugar: Chora Decenauta! "




domingo, agosto 28, 2011

Justiceiro Max 01 a 16






Pois é pessoal, depois de um tempo sem postar novidades, voltei. Quando vi que o blog ainda continuava recebendo visitas, decidi abandonar a aposentadoria e voltar. 
E volto com essa série que a meu ver é muito melhor que as histórias atuais do Justiceiro no universo marvel. Vale a pena conferir.

Quanto a minha parada, foi por causa da faculdade, e acredito que não conseguirei postar seguido, mas não abandonar o blog novamente. Não é fácil atender família, faculdade, trabalho e blog tudo ao mesmo tempo. Mas vamos tentar novamente...

domingo, maio 01, 2011



Pasta Dia mais claro 0 a 24 (completa)

Chega ao fim Dia mais claro. Gostaria de saber se os títulos como LJA Geração Perdida vão continuar, pois a revista está cada vez melhor...



sexta-feira, abril 29, 2011

Quarteto Fantástico 583 a 588 e Morte em família



Essa é a última história da revista, melhor dizendo, a penúltima, pois a última edição é sobre o luto após a morte do Tocha Humana. É uma contagem regressiva até a morte, começando no número 4.
Acho errado acabar com uma revista que está no número 588, poucas revistas chegam a essa marca.
Sem falar que é de um grupo importante do universo marvel, um dos principais e mais antigos títulos da editora.



(uma história de 2006 que fala sobre a morte de um dos membros)

domingo, abril 24, 2011

Liga da Justiça 55; Sexteto Secreto 28; Super Homem 700 a 708; Batman 700 a 707; LJA Geração Perdida 22




Não está completa , mas contem muita coisa da liga da justiça nessa pasta.












Recolocando material, visto que muitos links foram perdidos, e a pouco tempo perdi novos posts. Mas tudo bem, apesar dos pesares continuo aqui até não sei quando.

Algumas frases e histórias que peguei de amigos do facebook: (não participo frequentemente das redes sociais mas tenho conta no orkut e no facebook. é muita coisa pra se manter. a comunidade do orkut faz tempo que não atualizo, não venço tudo sozinho.)

"Me oponho às idéias, não às pessoas."

Audi A1 Brasil
"A história da Audi é uma das histórias mais multi-facetadas já contadas do automóvel. O emblema distintivo Audi identifica uma das mais antigas fabricantes de automóvel estabelecidas na Alemanha. Ele simboliza a fusão em 1932 de quatro fabricantes independentes de automóvel: Audi, DKW, Horch e Wanderer. Essas empresas formam as raízes do que hoje é a AUDI AG. Os veículos da marca Audi apresentam inovações tecnológicas, design moderno e acabamento de alta qualidade, fascinando clientes ao redor do mundo. A essência da marca, "Vorsprung durch Technik", encarna o compromisso da empresa para satisfazer as altas expectativas dos seus clientes em todos os aspectos e, ao fazê-lo, concentra-se na sustentabilidade de suas soluções tecnológicas. Novas formas, novas tecnologias, novas ideias. Toda inovação sobre a qual você vai ler oferece um caminho para frente. Quer ou não esses conceitos se tornem favoritos nos átrios do futuro, você pode ter certeza de uma coisa: a Audi nunca vai parar de refinar o que seu próximo carro pode ser. Preste atenção no novo Audi: O Audi A1, O próximo grande Audi!"

"Calado até um idiota se passa por inteligente."

Frases do Chaves:
"- Diga Godines, em quantas partes se divide o cérebro?
- Depende da cassetada!"